ALUNA PORTUGUESA CRIA EMBALAGEM QUE CONSERVA O “PÃO D`AVӔ

18 Outubro 2017

No consumo do pão, aliar fórmulas sem conservantes a uma data de validade mais longa parece uma tarefa impossível. A pensar nisso mesmo, Eliana Silva, aluna da Escola Superior de Biotecnologia (ESB) da Universidade Católica do Porto, criou uma embalagem que conserva o pão tradicional, sem recurso a conservantes. 

A fórmula ativa da embalagem, que liberta lentamente doses baixas de uma substância, permite o prolongamento da vida de prateleira (shelf life) do pão, ao impedir o aparecimento de bolor durante cinco dias.

A aluna do mestrado em Biotecnologia e Inovação preparou a substância em parceria com uma empresa japonesa, com a qual colaborava na altura, e testou-a num pão tradicional, cuja receita, da autoria da avó de uma investigadora da Escola Superior de Biotecnologia e orientadora da aluna, não incluiu qualquer conservante. 

O resultado foi a conservação bem-sucedida do “pão d´avó”, cuja validade foi prolongada de forma mais saudável e nutritiva.