Manuel Nunes encerra actividade

30 Setembro 2011

Haverá quem se surpreenda, eu não. Há muito que digo e escrevo que os grossistas alimentares não têm futuro enquanto se mantiverem apenas grossistas, isto é fechados aos consumidores finais. O preconceito continua a não deixar ver a realidade. Amanhâ serão outros. E alguns deles internacionais e bem grandes. A ver vamos, como dizia o cego