Enquanto um fecham, outros abrem!

12 Setembro 2011

Enquanto a CCP faz alarde das falências e encerramentos de pequenos estabelecimentos e empresas dos seus associados, outros, por sinal imigrantes estrangeiros, estão a abrir cada vez mais pequenas lojas de conveniência com horários alargados na cidade de Lisboa. E nem sequer falo dos comerciantes chineses que há uns anos a esta parte têm literalmente invadido Portugal de Norte a Sul com as suas lojas.

É assim, onde uns vêem ameaças outros vêem oportunidades.