O Consumo tem sexo?

01/07/2016

 Haverá um consumo masculino e um consumo feminino? As empresas concebem a oferta dos seus produtos e serviços em função desta dicotomia? As estratégias de marketing são concebidas e implementadas em função de objetivos sexistas? Ou será que a miscigenação dos tempos atuais, de que a moda é um excelente exemplo, tem vindo a criar um consumidor andrógeno em termos de preferências, hábitos ou comportamentos de consumo?

Descarregue o artigo de opinião

O Consumo tem sexo.CODIGO_560.pdf