Consumidores europeus compram mais alimentos saudáveis

16 Novembro 2017

Dois terços, cerca de 70%, dos consumidores europeus, estão a comprar comida mais saudável: com menos sal, açúcar, gordura ou calorias.

Uma grande percentagem dos consumidores está também a optar por alimentos orgânicos, vegetarianos ou "free from," com os consumidores alemães a liderarem o ranking. 

Os dados da IRI demonstram que os europeus estão cada vez mais preocupados com a sua saúde. O estudo foi realizado entre consumidores de sete países europeus  mais de metade dos consumidores compramalimentos orgânicos, valor que aumentou 35% nos últimos três anos. 

No caso dos alimentos vegetarianos, 39% dos consumidores já os compram (um aumento de 26% nos últimos três anos). Também os apreciadores de produtos "free from", sobretudo lactose e glúten, cresceram 33%. 

Com mais consciencialização sobre o papel que os alimentos desempenham na saúde e no bem-estar geral, os consumidores estão mais à atentos à origem e à composição dos produtos que ingerem. “A preocupação com o bem-estar geral é a maior razão para os consumidores europeus estarem a tomar opções de alimentos mais saudáveis”, explica Livio Martucci, diretor da IRI. “Os europeus estão mais preocupados com a qualidade, a segurança e o lado saudável dos alimentos que compram. É muito provável que existam mais pessoas a consumir produtos "free from" do que aquelas que têm realmente alguma intolerância, acreditando que serão mais saudáveis assim”, acrescentou.


Fonte original: grandeconsumo